Thays Lavor

Jornalista, com experiência em coberturas na área de direitos humanos, saúde, educação, política e econômica. Focada em grandes reportagens, mineração, análise e visualização de dados. Disponível para freelances e eventuais parcerias.

BBC News

'Invisíveis até na morte': a luta de um morador de rua para evitar que sua mulher fosse enterrada como indigente

"Eu cuidava dela, a gente ia se cuidando. Todo dia penso na Ana Paula, não é fácil perder o amor da gente", lamenta o cearense Cláudio Oliveira, de 48 anos, em meio a garrafas velhas e uma barraca de camping numa praça de Fortaleza. Cláudio e Ana viveram juntos por 22 anos nas ruas da capital do Ceará. Moraram em oito praças da cidade e criaram quatro cachorros. A perda levou Claudio a protagonizar uma corrida contra o tempo, em busca de poder reconhecer e sepultar o corpo da mulher, que não t
BBC News

'Meu filho vivia sendo humilhado': caso Dandara expõe tragédia de viver e morrer travesti no Brasil

A trágica morte da cearense Dandara dos Santos, de 42 anos, espancada em plena rua de Fortaleza no último dia 15 de fevereiro e morta a tiros, trouxe à tona mais uma vez a situação de vulnerabilidade enfrentada por travestis e transexuais em um país onde, segundo ONGs, as autoridades têm se mostrado ausentes nos casos de homofobia e transfobia. O crime brutal foi filmado, mostrando a travesti sentada ensanguentada no chão, recebendo pauladas e chutes desferidos, entre xingamentos, por pelo meno
Valor Econômico

Quadro é de incerteza e não temos como avaliar, diz Maciel, do BC

FORTALEZA  -  O chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Túlio Maciel, evitou comentar questões mais recentes sobre atividade e se ateve aos dados publicados hoje, que mostram, de forma defasada, como está a economia nas regiões do país. Questionado por jornalistas sobre a recente reação, em especial do câmbio, ao noticiário político, entre outros assuntos, ele preferiu não fazer comentário. "É um quadro de incerteza e não temos como dar uma avaliação. Irei me concentrar nas inform
O Globo

Família que domina serviços de presídios no Amazonas irrigou campanha de governador

RIO E FORTALEZA — Protagonista de um monopólio na gestão terceirizada de presídios no Amazonas, a família do presidente da Federação do Comércio do Ceará (Fecomércio-CE), Luiz Gastão Bittencourt, usou uma empresa com sede em Fortaleza e sem negócios com o estado do Norte para realizar, em 2014, uma das maiores doações de campanha do atual governador, José Melo (PROS): R$ 1,2 milhão. O repasse foi feito através da Serval Serviços e Limpeza, que tem como administrador Luiz Fernando Monteiro Bitten
Pública

Caminhões-pipa no Ceará entregam água imprópria à população

“As pessoas se arretiravam de um lugar pra outro com as famílias, não tinham recurso, chegavam nas fazendas e pediam dinheiro, comida. Muitos morriam, principalmente crianças, desnutridas e com diarreia. Seca mesmo, quando não chove, não tem nada”, conta o agricultor aposentado Manoel Dias Tavares, cujos 72 anos são marcados pelos ciclos de seca no sertão do Ceará. A mais grave, lembra-se, foi a estiagem de 1978, com cinco anos de duração. A atual é a oitava seca testemunhada por seu Manoel, mor
Pública

Exclusivo: testamos a água do maior reservatório do Ceará

A Operação Carro-Pipa (OCP) abastece 1,3 milhão de cearenses – e com previsão de aumento desse contingente populacional. Por isso, a reportagem decidiu conhecer de perto como é o processo de captação e os principais reservatórios. Em nossa primeira parada, nos deparamos com o açude do Patu, localizado no município de Senador Pompeu, um reservatório agonizando, com apenas 10% da sua capacidade e uma capa de lodo sobre as águas. Questionando se a água é própria para o consumo, descobrimos que não
O Globo

Fortaleza, sede da desigualdade na Copa do Mundo

FORTALEZA — Fortaleza tem sido o terceiro destino mais procurado na Copa 2014. Encanta pelo litoral, pela hospitalidade, mas abriga situações contraditórias. São várias as fortalezas dentro de uma só. Primeira cidade a entregar um dos estádios da Copa, não conseguiu ainda reduzir os fortes contrastes sociais. Apontada pelo relatório das Nações Unidas 'State of the World Cities’ como uma das 20 cidades mais desiguais do mundo, a capital cearense possui 75,7% dos bairros com Índice de Desenvolvime
O Globo

Hospitais de referência para a Copa apresentam problemas

RIO, SÃO PAULO, FORTALEZA, BELO HORIZONTE E MANAUS - A duas semanas do início da Copa do Mundo, muitos dos hospitais situados no entorno dos estádios — considerados como de retaguarda — sofrem com os problemas de sempre: a superlotação, obras inacabadas e aparelhos que não funcionam. Apesar disso, as secretarias estaduais de Saúde parecem seguras de que estão prontas para atender a demanda que virá junto com o campeonato de futebol. Em Fortaleza (CE), alguns dos hospitais que fazem parte da red
O Globo

Privatização de Jericoacoara e de outros três parques divide opiniões

Jericoacoara (CE) — Tidos como paraísos naturais na Terra, os parques nacionais de Jericoacoara e Ubajara, no Ceará, e de Sete Cidades e Serra das Confusões, no Piauí, estão hoje imersos numa polêmica sobre possíveis privatizações. De um lado, estão aqueles que defendem uma administração mais eficiente. Do outro, os que temem que os parques percam o que têm de melhor: a paz e a beleza in natura. No Ceará, a discussão sobre a privatização de Jericoacoara e Ubajara veio à tona há poucas semanas,
O Globo

No Ceará, cidade inundada para construção de barragem volta a aparecer devido à seca

FORTALEZA— "Sem chuva na terra descamba janeiro, depois fevereiro, e o mesmo verão. Meu Deus, meu Deus... Em um caminhão ele joga a família, chegou o triste dia já vai viajar. Meu Deus, meu Deus. A seca terrível que tudo devora, lhe bota pra fora da terra natal...". A letra da música "Triste partida", de Luiz Gonzaga, traduz bem a história do povo de Jaguaribara, município do interior do Ceará, removido de suas casas em 2001 para a construção da maior barragem do Nordeste, o Castanhão. A cidade